outubro 23, 2020

A Identificação do motorista que dirige seu carro é essencial, pois, através dos dados e informações coletadas pelo sistema é possível gerir a frota com maior eficiência e produtividade!


Como fazer essa identificação? Muitas empresas utilizam sistemas de rastreamento para gerenciamento de frota, e às vezes faz-se à identificação de seus motoristas através de planilhas ou relatórios impressos, preenchidos a mão pelo gestor ou próprio motorista.

Através do cartão RFDI e Ibutton, duas tecnologias utilizadas para identificação de motorista, é possível verificar de forma precisa, ágil e eficiente o condutor de determinado veículo.



E como funciona essa tecnologia? O funcionário ao ligar o carro, que possua o leitor de motorista integrado ao sistema de rastreamento, terá de fazer a sua identificação através do cartão RFDI ou Ibutton que funciona como um crachá. Geralmente o carro fica com bloqueio e só é possível dá a partida através da identificação prévia do condutor.

O Identificador de motorista traz segurança, economia, disciplina e zelo pelo condutor.
Dentre tantos benefícios podemos citar:

  • O Controle de Velocidade: tenha acesso a alertas e relatórios do motorista que exceda a velocidade estabelecida e registrada no sistema;

  • Auxilio nas Multas de Trânsito: o motorista que realizar infração de trânsito e ser penalizado no veículo poderá responder sem discussões, pois é possível identificar quem conduziu o veículo no dia e horário da ocorrência;

  • Registro de Descuido e Falhas no Percurso: Freadas bruscas, aceleração brusca, curvas fechadas, desvios de rotas, todas essas informações estarão disponíveis e acessíveis para o gestor da frota.

O gerenciamento da frota se torna bem mais eficiente com essas informações atreladas a identificação do motorista, a empresa pode atribuir ranks para os motoristas, implantando um sistema de pontuação que estimule a boa conduta do funcionário, assim podendo verificar os mais faltosos e os mais zelosos também!

Identificador de Motorista

junho 01, 2020

Disponibilizamos uma nova versão da plataforma de rastreamento com melhorias e correções de defeitos


1) Percurso

    A funcionalidade de percurso foi alterada para exibir os sentidos utilizando setas indicativas de direção. Ainda é possível exibir com a opção de labels de numeração da ordem.
    Além da alteração do desenho, alterou-se a forma de pesquisar já pesquisando previamente os ultimos 7 dias de trajeto e apresentando o resumo a fim de diminuirmos o numero de clique para visualização.




2)  Parametrização das faixas de RPM

    Os veículos que tem o sensor de RPM instaladou ou o leitor de CAN podem agora ter suas 6 faixas de RPM paremtrizadas no sistema. Ideal para individualizar os veículos leves e os pesados.


3) Histórico de envio de bloqueios e desbloqueios

   Saiba na plataforma se foram enviados bloqueios e desbloqueios para os veículos da sua frota. Na funcionalidade Bloqueio disponibilizamos o botão histórico que lista todos comandos enviados.

4) Importação de Vendedores e Lojas

    No módulo de Roteirzação, o cadastro de vendedores e lojas pode ser feito em massa utilizando arquivos com os dados extraídos de outros sistemas.
    As instruções para a importação são:
      O arquivo CSV deve ter como separador o ';' (ponto e virgula) e a sequencia de coluna é CODIGO ;  NOME . A primeira linha do arquivo é considerada como cabeçalho.


5) Parametrização dos pontos de interesse importados por arquivo

        A importação dos pontos de interesse pode ser melhor parametrizada, pois agora é possível informar:

a) Se deve ser identificado no percuros.
b) Se enviará um alerta.
c) Raio médio em metros.
d) Tempo de permanência para gerar aviso.
e) Limite de velocidade máxima permitida.



6) Homologação de teclados para controle de Jornada

   A plataforma agora poderá ser utilizada com dois novos fabricantes de teclado para controle de jornada do motorista: GetScale e SGBras


7) Importação de Despesas de sistemas de terceiro ( Ticketlog e Geral )

    A plataforma foi ajustada para permitir a importação no novo formatdo do arquivo de abastecimentos do Ticketlog. Além desse formato, disponibilizamos uma planilha modelo para importação em massa de despesas. 

Nova Versão - 200.522